O que é Sipat e qual a sua finalidade dentro das empresas?

Postado em 12 de setembro de 2019 por Qualicipa Eventos

Mais que uma semana de eventos dentro de uma empresa, saber o que é Sipat envolve entender a real importância dessa atividade.

Com foco na prevenção de acidentes e de doenças do trabalho, ela é uma excelente oportunidade de levar novos conhecimentos aos funcionários e reforçar a necessidade da realização do trabalho diário de maneira mais segura.

Neste post, você vai entender um pouco mais o que engloba essas atividades, como elas podem ser realizadas e quais temas você pode levar para serem debatidos na sua empresa. 

O que significa Sipat?

Sipat significa Semana Interna de Prevenção a Acidentes de Trabalho e é uma das atividades obrigatórias de todas as empresas que possuem Comissões Internas de Prevenção de Acidentes — CIPA. 

Prevista na Portaria nº 3.214 — NR 5 — item 5.16, ela é uma semana de atividades que deve ser realizada anualmente. 

A proposta com as atividades que envolvem esse momento, é conscientizar os colaboradores de uma empresa, alertando sobre a importância de práticas corretas e seguras dentro do local de trabalho, com o objetivo principal de evitar acidentes e doenças ocupacionais.

Como e quando ela deve ser realizada?

Saber o que é Sipat também envolve conhecer a sua origem. Criada em 1971, devido ao alto número de acidentes de trabalho da época, a semana Sipat se tornou obrigatória, podendo ser realizada em qualquer mês, desde que o evento ocorra todos os anos.

O primeiro passo para uma semana de atividades de sucesso é fazer um planejamento das atividades, identificando pontos que serão abordados, formas atrativas de desenvolver os temas junto aos funcionários, entre diversos outros fatores.

Por ser uma semana de diferentes atividades, é importante que o planejamento esteja alinhado com todos os setores e líderes, a fim de que esses incentivem a participação das equipes. Também por isso, a semana Sipat deve ser realizada em horário de trabalho.

Aqui, vale lembrar que a NR não determina um número mínimo de participantes. No entanto, quanto mais funcionários estiverem presentes, maior será a conscientização dos profissionais.

Quais temas podem ser abordados durante a SIPAT?

Visto que o objetivo da Sipat é a prevenção, alguns tópicos acabam se tornando obrigatórios de serem abordados em todo evento, tais como:

  • segurança no trabalho, como:
  • cuidados com a saúde, incluindo: 
    • tabagismo;
    • alcoolismo;
    • drogas;
    • doenças sexualmente transmissíveis; 
    • alimentação mais saudável.

Somados a esses, também é bastante indicado abordar: 

  • meio ambiente e sustentabilidade;
  • ergonomia;
  • acidentes de trajeto;
  • direção defensiva;
  • dependência tecnológica;
  • qualidade de vida;
  • estresse;
  • saúde mental;
  • motivação;
  • administração de tempo;
  • relacionamento interpessoal;
  • educação financeira;
  • primeiros socorros
  • segurança no lar.

Quais atividades podem ser realizadas na SIPAT?

As maneiras de abordar e desenvolver esses temas são diversas. O principal é encontrar formas atrativas e diferentes de chegar até os colaboradores. Justamente por isso, muitas organizações contratam empresas especializadas na realização desses eventos. 

De modo geral, a realização de palestras com a presença de especialistas em determinado tema é a atividade mais comum na semana Sipat. Porém, há várias outras abordagens. Veja algumas sugestões:

  • treinamentos;
  • palestras interativas;
  • jogos;
  • shows;
  • peças de teatro.

A entrega de brindes como caricaturas, canecas, adesivos, ou mesmo um stand de massagem, por exemplo, são outras formas de atrair a participação das equipes, tornar o evento informativo e, ao mesmo tempo, descontraído.

Conclusão

Entender o que é Sipat, sua importância e como levá-la até os funcionários é a melhor maneira de ter profissionais mais conscientes para a realização de suas atividades diárias.

Com a semana Sipat, você gera o conhecimento necessário para a realização de um trabalho com mais segurança, oferece mais qualidade de vida aos seus colaboradores e, com isso, ainda reduz os gastos provenientes de acidentes e afastamentos médicos.

Ou seja, a Sipat é importante não apenas para atender a uma lei, mais para que toda a sua empresa se transforme em um ambiente mais saudável e seguro, o que beneficia a todos.